~ (vi_sampaio) wrote,
~
vi_sampaio

No início, tudo era o caos

Mais um trabalho de Mitos e Arquétipos! Dessa vez, temos de escrever um mito de criação! Resolvi tentar fazer como seria o mito da minha história Nightingale =D


Oneshot
Nightingale
Contador: 640 palavras

No início, tudo era o caos. Dentre todas as infinitas possibilidades que poderiam acontecer, uma semente apareceu.


Pequena e indefesa, ela foi facilmente engolida pelo caos, afundando para dentro de suas profundezas. Um segundo ou um século se passaram, e uma mão ergueu-se de onde antes devia existir uma semente.


Gigante e majestosa, a Deusa a quem ninguém jamais soube o nome fez um simples gesto com as mãos e todos os elementos desorganizados do caos se rearranjaram, formando uma vasta camada de terra.


Ela diminuiu seu próprio tamanho, para que pudesse andar pelo que havia criado. Por onde passava, novas divindades surgiam.


Duas deusas gêmeas, iguais em aparência e diferentes em personalidade, brigaram logo após nascer e juraram nunca estar juntas no mesmo lugar. A mais alegre trazia calor e conforto a todos que pudessem vê-la; a outra, bondosa, iluminava o caminho daqueles que não conseguiam enxergar bem sem a luz de sua irmã, mas era tímida e ia aos poucos se escondendo, para depois aparecer de novo, sabendo que era necessária.


Percebendo a importância das duas, a Deusa retirou um pouco da essência de cada uma. A partir da deusa Sol, ela criou o fogo, logo fazendo o mesmo com a deusa Lua para gerar as estrelas, que trariam luz todas as noites, para compensar o humor volúvel da mãe.


Querendo limpar-se, a Deusa criou um lago e fez surgir os três primeiros deuses masculinos. O mais velho, com a aparência de um velho gentil, tornou-se o criador e protetor dos lagos e nascentes. O do meio, um jovem cheio de energia, criou rios e ficou responsável por eles. Já o último, um garotinho ativo e de grande imaginação, fez mares e oceanos, onde poderia entreter-se fazendo ondas.


Pensando que eles precisariam de ajuda para comunicar-se entre si e manterem suas funcionalidades, a Deusa criou a divindade da chuva e das águas na forma de uma mulher destinada a viver no céu, em nuvens, para poder enxergar a tudo. Para ser seu companheiro, ela criou mais um deus. Quando os dois brigam, as lágrimas dela tornam-se a chuva e a raiva dele manifesta-se através de raios e trovões.


A Deusa criou pessoalmente e com muito cuidado cada tipo de planta. Árvores grandes e frondosas, flores coloridas e perfurmadas... Mas era um trabalho grande demais, então algumas espécimes acabaram saindo mais simples ou até mesmo não tão agradáveis.


Entretida como estava em criar um novo mundo, ela não percebia como aquilo a desgastava.


Querendo trazer seres para aproveitarem as maravilhas de sua criação, a Deusa gerou um casal de crianças incubidas de criar vários tipos de seres vivos, que pudessem ver e interagir com tudo. Enquanto os dois ocupavam-se com os mais diferentes tipos de animais, ela resolveu fazer a partir de um pedaço de sua própria essência aqueles que seriam os mais próximos dos deuses, os humanos.


Ela criou homens e mulheres, como os deuses, cada um com sua própria aparência e personalidade. Espalhou-os por toda a terra, para que pudessem desbravar tudo o que houvesse ali para ver. Mas, entre as centenas de humanos que ela havia criado, a Deusa acabou por se apaixonar por um dos homens.


O fruto dessa união, um semi-deus capaz de viver em sua forma normal entre os humanos, foi presenteado pela mãe com uma incrível velocidade, para que pudesse andar por toda a terra e rapidamente voltar para a Deusa, afim de contar-lhe notícias de suas criações.


Anos se passaram e o marido humano da Deusa pereceu, já que ela não tinha como transformar-lhe em imortal. Triste, cansada e enfraquecida, ela deixou-se engolir pela terra que criara, recebendo somente visitas do filho, com notícias e pedidos das suas tão amadas criações.


Tags: nightingale
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    Anonymous comments are disabled in this journal

    default userpic

    Your IP address will be recorded 

  • 0 comments