~ (vi_sampaio) wrote,
~
vi_sampaio

2 anos separam 2 minutos

Vou parar de dizer que estou finalmente voltando a escrever ou que vou postar todo dia, está dando uma zica danada. Aqui temos uma tentativa de fluff com o OTP da minha amiga Natty, Minho x Taemin.

Como estamos perto do dia das crianças e decidi escrever isso aqui quando todas nós mudamos nossos avatares do twitter pra fotos da época de bebês, resolvi fazer o mesmo com a história! Na verdade, é minha segunda história yaoi fluff com crianças.

Natty, espero que goste (e entenda a referência no título)!




O número de coisas que Choi Minho amava eram três.

1. Ele amava o desenho do Buzz Lightyear, do Comando Estelar, que passava todas as manhãs na TV. Antes de começar a 3ª série, ele implorou para mamãe para deixá-lo estudar de tarde, somente para que pudesse assistir todos os dias.
2. Ele amava seu papai, sua mamãe e seu irmão mais velho. Talvez não tanto o irmão. Ele tinha dito que bonecos eram coisa de meninas, até o Buzz.
3. Ele amava seu vizinho, Lee Taemin.

Gostava de como ele era pequeno, frágil e sempre necessitando de sua ajuda. Minho adorava ser o super-herói do mais novo, apesar de só realizar tarefas simples como subir em uma árvore para pegar o brinquedo lá preso ou ensiná-lo a fazer somas.
Taemin tinha se mudado para lá a pouco tempo, tímido e quietinho, com seu cabelo amarelo bagunçado. Seu irmão  disse que parecia miojo, mas Minho gostava do penteado. Era fofo. Como o menino.

A maioria das crianças eram mais velhas, então o pequenino não tinha nenhum amigo. Isto é, até Minho notar como ele acompanhava avidamente o movimento da bola durante uma partida de futebol do menino com seus amigos.

Mais tarde, naquele dia, o garoto moreno falou do ocorrido para os pais, que sorriram e sugeriram que ele fizesse amizade com o outro. Afinal, o pobrezinho era novo e não tinha nenhum amigo para brincar! Parando para pensar, Minho concluiu que aquela era uma situação muito triste.

Foi com esse tipo de pensamento que ele resolveu ser amigo de Lee Taemin. Mas, enquanto o tempo passava e as brincadeiras se tornavam cada vez mais exclusivas, o pequeno foi adentrando o coração de Minho, para nunca mais ter a chance de sair.

Foi arrasador para Taemin saber que Minho iria mudar de escola. Era inevitável, infelizmente. Estudavam em um colégio com apenas o primeiro fundamental, e o mais velho ia passar para a 6ª série."Daqui a dois anos", ele não parava de repetir, na tentativa de confortar seu pequeno, "você também vai pra lá".

Sendo de turmas diferentes, claro que o loirinho já estava acostumado a não ter Minho o tempo todo, mas quem lhe faria companhia no recreio? Quem compraria docinhos para ele, fingindo estar irritado por ter de fazer isso? E se alguém tentasse machucar Taemin, agora que não tinha mais seu companheiro de todas as horas para protegê-lo?

"Daqui a dois anos", ele repetia, segurando a mãozinha molhada pelas lágrimas. Como era bobo, seu pequeno Taemin. Eles ainda teriam as manhãs, noites, fins de semanas. Do que teria medo?

No dia anterior ao começo das aulas, Minho fez essa importante pergunta. Estavam em sua base secreta, uma tenda montada no jardim dos Lee. A resposta veio, hesistante e com muita cautela, dos lábios do garoto menor.

"E se você conhecer alguém e não querer mais brincar comigo?"

Minho suspirou. Sabia muito bem de onde aquela ideia boba vinha. Seu irmão mais velho, que já estava no segundo fundamental, havia arranjado uma namoradinha e não queria saber de mais nada.

"Deixa de ser bobo. Ninguém é mais bonitinho que você, nem tão legal ou divertido. Você não perde pra ninguém", e concluiu com um rápido encostar de lábios. 

Tinha visto o irmão fazer isso, a namorada sempre ficava mais feliz depois. E não havia mais ninguém que ele quisesse sempre alegre do que Lee Taemin.



Tags: fluff, shinee
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    Anonymous comments are disabled in this journal

    default userpic

    Your IP address will be recorded 

  • 0 comments